Gentomicin 4% 100 mL - Syntec

Código: 50120 Marca:
R$ 27,32
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 27,32 PagSeguro
  • R$ 27,32 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Gentomicin Injetável 4% é um antibiótico bactericida de amplo espectro de ação, à base de Sulfato de Gentamicina a 4%. Exerce uma maior ação contra micro-organismos Gram-negativos e também atua contra alguns Gram-positivos.


Indicação
É indicado para o tratamento de infecções respiratórias, gastrointestinais, reprodutivas, mamárias, sepses e contra as demais infecções cujos micro-organismos são sensíveis ao Sulfato de Gentamicina.


Fórmula
Cada 100 mL contém:
Gentamicina (Sulfato)* ........................ 6,80 g
Veículo q.s.p. ..................................... 100 mL
*Correspondendo à 4,0 g de gentamicina base.


Modo de Uso e Dosagem
Cães: 2,0a 4,4 mg/kg, intramuscular ou intravenoso (somente em casos agudos), 2 vezes ao dia no primeiro dia e 1 vez ao dia nos dias subsequentes de 4 a 6 dias. Após este período, recomenda-se reavaliar o tratamento.
Gatos: 2,5 mg/kg, subcutânea, 2 vezes ao dia; 2,4 a 4,4 mg/kg, intramuscular ou intravenoso (somente em casos agudos), 2 vezes ao dia no primeiro dia e 1 vez ao dia nos dias subsequentes de 4 a 6 dias. Após este período, recomenda-se reavaliar o tratamento.
Equinos: 1,0 a 4,4 mg/kg, intramuscular ou intravenoso a cada 8 a 12 horas; infusão uterina asséptica 2,0 a 2,5 g por dia durante 3 a 5 dias, cada dose deve ser diluída com 200 a 500 mL de solução fisiológica estéril antes da infusão; metrite e endometrite: 0,5 a 2,5 g, via administração intrauterina; no tratamento de infecções do trato respiratório 2,2 mg/kg, intramuscular ou intravenoso, 4 vezes ao dia em cavalos adultos e 3 vezes em potros; em potros: 2 a 3 mg/kg, intravenoso, usar doses menores em potros prematuros ou com
menos de 7 dias de vida, monitorando os níveis séricos se possível; na diarreia e septicemia causadas por E. coliem potros: 3 a 5 mg/kg duas vezes ao dia no primeiro dia e 2mg/kg nos dias subsequentes.
Suínos: Para colibacilose em neonatos 5 mg/kg, intramuscular de uma só vez.
Bovinos: 2,2 a 6,6 mg/kg/dia, intramuscular, divididos em 2 a 3 aplicações diárias, mastite: 80 a 150 mg 1a 2 vezes ao dia, após a ordenha administração intramamária durante 2 a 3 dias; metrite e endometrite; 200 mg, diluídos em 20 mL de solução fisiológica, administração intrauterina; na diarreia e septicemia causadas por E. coliem bezerros: 3 a 5 mg/kg, 2 vezes ao dia no primeiro dia e 2 mg/kg, nos dias subsequentes.
Aves: Perus: 0,5 mg por ave, obtidos por diluição de 10 mL em 150 mL de solução fisiológica; Pintos no primeiro dia de vida: 0,2 mg obtidos por diluição de 10 mL em 390 mL de solução fisiológica, aplicação subcutânea na região dorsal do pescoço.
A terapia com Gentamicina para infecções renais, sempre deve ser acompanhada de rigoroso monitoramento renal, especialmente em animais jovens. Alterações na dosagem podem ser feitas a critério do Médico Veterinário.


Contraindicações
Esta droga é contraindicada para animais que tenham histórico de reações de sensibilidade a qualquer um dos componentes da fórmula e a outros aminoglicosídeos.
Não deve ser administrado em animais prenhes, pois pode causar ototoxicidade e nefrotoxicidade ao feto.
A gentamicina, bem como outros aminoglicosídeos, não deve ser administrado em animais com miastenia grave. A nefrotoxicidade se manifesta mais frequentemente por proteinúria transitória e retenção de nitrogênio não proteico.
O tratamento prolongado e/ou altas doses, pode causar necrose tubular aguda. A Gentamicina atravessa a placenta e pode induzir lesão renal e ototoxidade no feto. Observou-se nefrotoxicidade acentuada em coelhos que receberam doses ligeiramente mais alta do que a terapêutica. A Gentamicina administrada por via subcutânea a coelhos na dose de 4 a 8 mg/kg/12 horas induz insuficiência renal e morte na maioria dos animais.


Interações Medicamentosas
A Gentamicina pode interagir com inúmeras drogas: ela pode causar paralisia neuromuscular e acentuar a ação de drogas bloqueadoras neuromusculares, anestésicas gerais e as propriedades musculares do magnésio. A Gentamicina também precipita a heparina. A inativação da carbeni Gentamicina se torna significativa quando o fluxo urinário está prejudicado. Alguns diuréticos como as tiazidas, furosemida e ácido etacrínico, podem potencializar os efeitos ototóxicos desse antibiótico.
Como ocorre com outros antibióticos, a absorção endometrial da Gentamicina aumenta na égua, caso se administre progesterona ou estrogênio. O maior suprimento sanguíneo é capaz de facilitar a captação.


Efeitos Colaterais
A Gentamicina pode prejudicar a função renal, bem como lesar as porções coclear e vestibular do oitavo par de nervos cranianos. O prejuízo auditivo é máximo em sons médios de alta frequência; entretanto, a lesão vestibular é observada mais frequentemente. Os pacientes com a função renal prejudicada apresentam maior probabilidade de apresentar distúrbios ototóxicos; assim, devem receber dosagem reduzida (recomenda-se a metade da dose indicada) e o intervalo entre as doses de manutenção deve ser aumentado.
Quando houver a necessidade de aplicação do medicamento em altas dosagens, deve-se fazer um teste de função renal.


Período de Carência
Bovinos e Caprinos de Abate: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 30 dias após a última aplicação.
Bovinos e Caprinos de Leite: o leite dos animais tratados com este produto não deve ser destinado ao consumo humano até 96 horas após a última aplicação deste produto.
Suínos de Abate: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 40 dias após a última aplicação.
Aves de Abate: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 35 dias após a última aplicação.
Perus de Abate: o abate dos animais tratados com este produto somente deve ser realizado 65 dias após a última aplicação.
Equinos de Abate: este produto não deve ser aplicado em equinos destinados ao consumo humano. A utilização do produto em condições diferentes das indicadas nesta bula pode causar a presença de resíduos acima dos limites aprovados, tornando o alimento de origem animal impróprio para o consumo.


Intoxicação e Superdosagem
Em caso de superdosagem a droga pode causar toxicidade renal com desenvolvimento de cristalúria e deposição de cristais nos túbulos renais, além de neurotoxicidade e prejuízo auditivo. Portanto, nos casos de tratamento prolongado deverá haver acompanhamento constante dos animais.


Instruções de Armazenamento
Conservar à temperatura ambiente (15ºC a 30ºC), em local seco e ao abrigo da Iuz solar direta.


Apresentação de Venda e Envio
Frasco-ampola contendo 100 mL do produto.


Uso veterinário.

R$ 27,32
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

A farmácia veterinária mais completa do Brasil! A Kaja Vet é uma empresa que atua na comercialização de medicamentos veterinários para todo o Brasil, oferecendo os melhores produtos de uso veterinário voltados para a criação de cavalos.

Social
Pague com
  • PagSeguro V2
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

JCR Pelegrini - CNPJ: 20.273.766/0001-57 © Todos os direitos reservados. 2024


Para continuar, informe seu e-mail